Site da USP
Superintendência do Espaço Físico Universidade de São Paulo
Fale conosco

Gestão

DESTAQUES DA GESTÃO 2018-2021
Projetos e obras em andamento e concluídos

Auditório da Escola de Engenharia de Lorena

Apresentação

A Superintendência do Espaço Físico da USP [SEF] tem como finalidade organizar e sistematizar as atividades relacionadas ao espaço físico da Universidade. São suas competências o planejamento de intervenções físicas nos edifícios e territórios, envolvendo propostas de novas edificações, ampliações ou reformas de vulto, seguido de seu projeto, licitações e construção, bem como a realização de estudos de viabilidade, laudos e pareceres técnicos e propostas de planos diretores físicos. Seu foco principal são as Unidades e Órgãos da Universidade da capital, uma vez que as do interior estão sob a responsabilidade das Prefeituras dos diferentes campi, à exceção de Lorena.

Este relato volta-se às ações para as Unidades e Órgãos da capital no quadriênio 2018-2021 e não foca em números, que podem ser obtidos no relatório de gestão da SEF. Começa destacando intervenções em museus, auditórios e aquelas envolvendo patrimônio histórico; em seguida, dá destaque às voltadas à assistência social; e chama a atenção para as demais intervenções marcantes. Conclui apresentando os planos de ação formulados ou aprimorados e melhorias promovidas nos processos internos da Superintendência e, ao final, traz uma relação de outros projetos e obras de destaque. Nem todas as intervenções relatadas já tiveram suas obras concluídas.

Principais destaques

Diferentes museus da USP passaram por melhoria no período. O Museu de Arte Contemporânea [MAC] sofreu e vem sofrendo diversas intervenções relevantes para transferência total das instalações na Cidade Universitária para o Ibirapuera: laboratórios ; reserva técnica; áreas externas (inclui drenagem, estacionamentos, bases para esculturas, iluminação externa, calçamentos e portaria e guarda-corpos).

Elevação principal do Museu do Ipiranga, com os andaimes e elementos de proteção da edificação, para a realização dos trabalhos de restauro, ampliação e modernização (Fonte: Marcos Santos/ USP Imagens)
Restauro dos ladrilhos das varandas do Museu do Ipiranga

Várias e marcantes intervenções voltam-se ao Museu Paulista [MP]. Está em projeto a ampliação do Museu Republicano de Itu, com construção de edificação anexa, adequações para acessibilidade e prevenção e combate a incêndios. A grande obra de restauro e ampliação do Museu do Ipiranga tem sido acompanhada pela Superintendência, que interviu também promovendo melhorias nas edificações alugadas que abrigam as equipes e o acervo do Museu desde o seu fechamento.

Trabalho de restauro dos elementos decorativos da fachada e das varandas do Museu do Ipiranga (Fonte: Marcos Santos/ USP Imagens)

No caso do Museu de Arqueologia e Etnologia [MAE], foi realizada obra de ampliação e readequação dos Edifícios de Piraju. Duas intervenções voltam-se à reforma e ampliação dos edifícios da capital: construção da cobertura para acesso ao Bloco de Exposição, e Ampliação da Área Expositiva e Educativa, incluindo adequações para acessibilidade e prevenção e combate a incêndios no Edifício Principal e Bloco Expositivo.

Já no Museu de Zoologia [MZ], promoveu-se uma intervenção de menor porte (área para terceirizados) e outra relevante está em andamento, visando à prevenção e combate a incêndios.

No que se refere a auditórios, foram concluídas duas importantes obras: do Camargo Guarnieri, para onde se deslocaram diferentes órgãos ligados à PRCEU; e o da Escola de Engenharia de Lorena [EEL], em Lorena. O projeto em andamento, que vai dotar o Edifício do Teatro Laboratório da Escola de Comunicações de Artes [ECA] de condições técnicas, de acessibilidade e de prevenção e combate a incêndios adequadas, também é uma intervenção marcante. Ainda, na ECA, a intervenção do Auditório do Departamento de Música, próxima reforma a ser licitada; e, no Instituto de Química [IQ], a reforma em andamento no Auditório do Bloco 6.

Instalação de plataforma elevatória e outras intervenções na sede do Museu de Arqueologia e Etnologia em Piraju
Elevação restaurada do Edifício Cesário Bastos em Santos

No caso de obras envolvendo patrimônio histórico, destaca-se um conjunto de intervenções relevantes de restauração e modernização para atendimento a novos programas, adequação à acessibilidade e de prevenção e combate a incêndios que estão em andamento ou em projeto no Edifício Cesário Bastos da Escola Politécnica [EP], localizado em Santos. Já no Edifício Arcadas da Faculdade de Direito [FD], os destaques são as intervenções na sua cobertura e a reforma do Salão Nobre, já iniciadas, e a próxima reforma das instalações elétricas, de acessibilidade e de prevenção e combate a incêndios. Foi concluída a reforma das instalações elétricas do Edifício da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo [FAU], localizado na Rua Maranhão. Estão em realização as obras de restauro das fachadas do Edifício Ayrosa Galvão e da oficina de manutenção da Faculdade de Saúde Pública [FSP].

Vista interna do Auditório da Escola de Engenharia de Lorena
Apresentação da Orquestra Sinfônica da USP [OSUSP] na inauguração do Auditório Camargo Guarnieri (Fonte: Marcos Santos/ USP Imagens)

Quanto às intervenções voltadas à assistência social, a principal, em andamento, é a reforma e ampliação no Bloco D do Conjunto Residencial [CRUSP] para adequação à acessibilidade, prevenção e combate a incêndios, instalação de cobertura e instalações elétricas; trata-se do primeiro Bloco a ser requalificado; a obra também prevê a troca do piso da marquise central de todo o Conjunto. Duas importantes melhorias foram realizadas no Conjunto: no sistema de aquecimento do Bloco A1; e no sistema de armazenamento e bombeamento de água para abastecimento dos reservatórios dos blocos. Duas intervenções voltam-se a novos reservatórios de água: da Creche e do Restaurante centrais.

Além dessas, muitas outras intervenções foram ou estão sendo realizadas no período, para atender ao Plano de Projetos e Obras, ou a demandas urgentes apresentadas via o Sistema Acrópole. Destacam-se algumas delas.

Na área da saúde, são três as intervenções para o Hospital Universitário [HU]: um conjunto delas em obras e em projetos promovendo adequações para prevenção contra incêndios; outras em projeto, visando a reformas dos sistemas de ar condicionados das UTIs; e as reformas de hidráulica para melhoria do abastecimento de água do hospital, já finalizadas.

Nova cobertura do Complexo Esportivo da Escola de Educação Física e Esporte

Outra intervenção é a readequação do projeto e a retomada das obras da reforma completa e ampliação do Edifício de Pesquisa do Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional da Faculdade de Medicina [FM]. Importante obra foi a troca total da cobertura do Complexo Esportivo da Escola de Educação Física e Esporte [EEFE], incluído a substituição do sistema de iluminação da piscina e quadras. Na Escola de Enfermagem [EE], destacam-se as conclusões das obras de reforma do espaço estudantil e do sistema de instalações elétricas do Edifício Principal, para o qual está em projeto a solução das pendências relacionadas a acessibilidade e prevenção e combate a incêndios.

As soluções das questões relacionadas a prevenção e combate a incêndios no IQ têm levado a uma ação sistêmica dos problemas em seus diversos blocos, envolvendo recuperação de fachadas, saídas de emergência, reformas no reservatório, alterações de acessos a ambientes e aos laboratórios em geral, e reformas das instalações elétricas e Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas de todo o conjunto edificado.

Já no Centro de Pesquisa e Inovação da USP [InovaUSP], além da finalização da obra foram concluídos vários de seus laboratórios. Mais recentemente, iniciaram-se as obras para fechamento do térreo do conjunto, envolvendo também a área do Centro de Difusão Internacional [CDI]/ Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional [AUCANI].

Três outras intervenções na ECA merecem destaque. Duas estão em projetos: as ampliações, requalificação de ambientes e adequações gerais para acessibilidade e prevenção e combate a incêndios no prédio da Criateca (ocupado anteriormentelo pelo Sintusp); e nos prédios do Departamento de Música, das Artes Plásticas e das Artes Cênicas. A terceira está em obras: reforma do telhado do Bloco C do Departamento de Cinema, Rádio e Televisão. Obras importantes aconteceram ou estão em finalização no Instituto Oceanográfico [IO]: construção de pier e de muro de arrimo da base de Ubatuba; e reforma nos Edifícios Principal e de Manutenção para prevenção e combate a incêndio e acessibilidade. Ainda sobre os temas da acessibilidade e prevenção contra incêndio, destacam-se a licitação para as obras no Edifício do Genoma do Instituto de Biociências [IB] e as reformas dos blocos A, B e C da Escola de Aplicação da Faculdade de Educação [FE], já realizadas.

Passarela de concreto para acesso ao píer na Base de Pesquisas do Instituto Oceanográfi co em Ubatuba
Corte do modelo tridimensional do projeto de reforma e ampliação do Teatro Laboratório do Departamento de Artes Cênicas da Escola de Comunicação e Artes

Finalmente, em breve deverão ser contratadas as obras para: substituição de elementos vazados no Bloco C do Edifício da Engenharia Elétrica da Escola Politécnica [EP]; reforma da cobertura do prédio da Biblioteca Florestan Fernandes e reforma do Prédio Administrativo para acessibilidade da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas [FFLCH]; reforma e ampliação necessária à obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros do Bloco B do Instituto de Matemática e Estatística [IME]; e reforma das instalações elétricas do térreo e 1o. pavimento dos prédios I e II do Instituto de Medicina Tropical [IMT] da FM.

Em obras: perspectiva eletrônica da reforma do edifício que abrigará a Sede da Superintendência de Proteção e Prevenção Universitária

Em edifícios de órgãos ligados à Reitoria são marcantes as intervenções: reforma completa do Bloco B e intervenções nos Blocos A e C e no Edifício da Administração da Superintendência de Tecnologia da Informação [STI], já concluída; obras realizadas e em execução para adequações nos Blocos do Edifício da Administração Central para a Agência USP de Gestão da Informação Acadêmica [AGUIA]; projeto para adequação da área do Departamento de Recursos Humanos no Bloco L do Edifício da Administração Central; obras iniciadas para a nova sede da Superintendência de Prevenção e Proteção Universitária [SPPU] e obra concluída para a Base Comunitária de Segurança e a reforma para acessibilidade da Agência USP de Inovação [AUSPIN].

Planos de ação

Um conjunto de planos de ação estruturantes foram formulados ou aprimorados no período:

  • Plano de Acessibilidade das edificações dos campi da capital;
  • Plano de Prevenção e Combate a incêndio da Cidade Universitária Armando de Salles Oliveira – CUASO;
  • Plano de Projetos e Obras da SEF;
  • Plano de “Gerenciamento de Facilidades na USP”;
  • Plano “Modelagem da Informação na Construção [BIM]” – com o Projeto Piloto para Construção da portaria do Parque de Ciência e Tecnologia  [CienTec].


Promoveram-se igualmente melhorias nos processos internos da SEF, para acelerá-los, dar maior garantia, rastreabilidade, coordenação e melhorar o relacionamento com as Unidades:

  • Sistema Acrópole [com STI];
  • Fichas de validação de projetos técnicos;
  • Planejamento de ações das equipes técnicas; Procedimento de medição de obras, etc.

Está em curso uma reorganização completa do sistema de informações da Superintendência.

Outros destaques da SEF

Obras concluídas:

  • Centro de Biologia Marinha [Cebimar] – Reforma do mirante e construção de muro de arrimo com solo grampeado verde;
  • Faculdade de Direito [FD] – Demolição do Edifício Governador Cláudio Lembo (em conclusão);
  • Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas [FFLCH] – Reforma para reforço estrutural no prédio da Administração;
  • Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas [IAG] – Reforma do acesso e instalação de guarda corpo na cobertura do prédio principal;
  • Superintendência de Assistência Social [SAS] – Reforma nos favos 22 e 38 das Colmeias, para abrigar o Acolhe USP e o Escritório de Saúde Mental.


Em Projeto:

  • Escola de Artes e Ciências Humanas [EACH] – Construção de torre e instalação de elevador no ginásio de esportes / Reforma das coberturas dos blocos A3, A2 e A1;
  • Faculdade de Ciências Farmacêuticas [FCF] – Conclusão da passarela elevada;
  • Faculdade de Direito [FD] – Reforma no Edifício Anexo para acessibilidade, prevenção e combate a incêndios, salas dos departamentos e transferência restaurante;
  • Faculdade de Educação [FE] – Reforma para acessibilidade e instalação de elevador para pessoas com necessidades especiais e da Lanchonete no Bloco B;
  • Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas [IAG] – Construção da passarela de Interligação do Bloco A ao Prédio Principal;
  • Instituto de Biociências  [IB] – Reforma para acessibilidade e prevenção contra incêndios no Edifício André Dreyfus;
  • Instituto de Matemática e Estatística  [IME] – Reforma da cobertura do Centro de Ensino da Computação;
  • Instituto Oceanográfica  [IO] – Construção e instalação das estações de tratamento de esgoto e rede de drenagem externa da base de Ubatuba;
  • Instituto de Psicologia  [IP ] – Reforma da passarela central;
  • Agência USP de Inovação [AUSPIN] – Reforma dos Galpões no IPEN para CIETEC (AUSPIN) – Reforma de um dos galpões;
  • Conselho Universitário [CO] –  Adequações para melhorias no Prédio do CO.

São Paulo, 13 de dezembro de 2021